Datado da Idade do Ferro, o povoado inicial do Castro de Vila Cova à Coelheira estava rodeado por uma forte muralha construída com pedra miúda e sem qualquer tipo de argamassa.

Durante este primeiro período, a localização do castro, num esporão sobranceiro ao rio Covo e com vista privilegiada sobre o território, foi fundamental para a sua manutenção e defesa. A muralha de três metros de altura e dois de largura é, ainda hoje, visível. Não são reconhecidos vestígios de romanização, uma vez que o Castro deverá ter sido abandonado antes da chegada dos Romanos à região. Posteriormente foi reocupado, durante a Idade Média.

  • Entrada Gratuita
  • Condições de acesso - Caminho rural
  • Estado de conservação - Mau