Também conhecido por Orca de Vale de Cadela, este monumento, datado do Neolítico (IV-III milénios a. C.), trata-se de um dólmen de câmara poligonal de nove esteios e corredor ainda visível. Ao corredor acedia-se por um pequeno átrio, delimitado por pedras e lajes onde foram encontrados carvões e cinzas – indícios de fogueiras e rituais intimamente relacionados com a função fúnebre destes espaços.

Análises efetuadas em intervenções arqueológicas permitem determinar a data de encerramento deste dólmen há cerca de 5700 anos.

  • Entrada Gratuita
  • Acesso Livre
  • Condições de acesso - Caminho rural
  • Estado de conservação - Médio
  • Integra Roteiros/Rotas - PR 1 (Municipal)