A necrópole medieval de Esmolfe data do século X ao XII e é constituída por três núcleos: Eirinhas, Capela e São Martinho.

Além disso, o núcleo da Capela é acompanhado por uma lagareta medieval, comumente designada de “lagar de vinho”. As sepulturas escavadas na rocha eram o modelo de enterramento utilizado durante a época medieval, sendo um trabalho realizado por pedreiros com recurso a um pico para abrir as sepulturas.

Estas sepulturas encontram-se em terrenos abertos privados e é possível serem visitadas.
  • Entrada Gratuita
  • Acesso Livre
  • Condições de acesso - Caminho rural
  • Estado de conservação - Bom