O Dólmen de Antelas é um exemplar raro da cultura megalítica, ainda hoje totalmente conservado. A presença intacta da mamoa é apenas uma das razões pelas quais este dólmen é um dos mais procurados da Península Ibérica.

Constituído por uma câmara funerária com oito esteios em granito, cerca de 2,5 metros de altura e um corredor, o Dólmen de Antelas ganha ainda mais importância pelas pinturas que ostenta na superfície dos seus esteios. O vermelho e o preto utilizados estão associados a um período com mais de cinco mil anos. É, assim, fácil de perceber o fascínio por este dólmen, bastante discreto por fora mas único por dentro.

  • Entrada Gratuita
  • Acesso - Encontra-se encerrado ao público geral, podendo, no entanto, ser visitado, contactando a Câmara Municipal de Oliveira de Frades.
  • Condições de acesso - Caminho rural
  • Estado de conservação - Bom
  • Classificação - MN - Monumento Nacional