O Núcleo Museológico do Balneário Rainha D. Amélia, em São Pedro do Sul, testemunha e celebra a tradição termal da região.

Reúnem-se aqui técnicas antigas usadas nos diferentes tratamentos termais e testemunhos arqueológicos que contam a história desta prática. Estão expostos aparelhos utilizados, banheiras, duches, livros e até diferentes fardas que acompanharam a evolução destas termas.

  • Entrada Paga (varia consoante o tipo de tratamento; um dia no balneário custa, no mínimo, 20 euros; o núcleo museológico é gratuito)
  • Acesso Aberto ao Público (de segunda-feira a domingo, das 8h00 às 13h00 e das 16h00 às 17h00); núcleo museológico (por marcação, às sextas, sábados, domingos e feriados - às 17h00 )
  • Condições de acesso - Via pavimentada
  • Estado de conservação - Excelente
  • Integra Roteiros/Rotas - PR1 - Rota do Castro do Banho (Municipal)
  • Classificação - MN - Monumento Nacional